A organização do calendário da semana

Imagine a seguinte cena: diante de um período inteiro para estudar individualmente, um aluno pega a apostila que está mais próxima e vai revendo uma determinada matéria. De repente, cansa daquele conteúdo, dá a atividade por cumprida e vai relaxar um pouco em alguma rede social qualquer. Mas o tempo digital passa mais lentamente que o tempo fora das telas... Nosso amigo, então, na realidade, nem descansou direito, fica ansioso porque o tempo passou rápido demais, pega a primeira apostila que vê pela frente e vai estudando, afinal, é um aluno bem dedicado! Se a essa dedicação se somasse uma organização bem precisa da sua semana, esse aluno poderia chegar a resultados muito mais interessantes e com menos ansiedade.


Uma boa organização dos estudos pode começar com uma sistematização que deve ser feita já no fim de semana, antes de começar o novo ciclo semanal. Com a agenda em mãos, primeiramente são especificados os horários da escola, com as disciplinas. Depois, são marcadas outras atividades fixas ou eventuais, como academia, plantões de dúvidas, aulas extras, eventos com amigos, festas etc. Na sequência, são colocadas as pausas para descanso (sempre com o período de tempo estipulado). Por fim, vem a organização do estudo individual.


Para organizar, especificamente, esse estudo, alguns critérios podem ser seguidos:


1) marcar a hora de início e de término, em blocos intercalados com pausas (se o período de estudo for maior);

2) especificar o local de estudo e os materiais que serão necessários; especificar também as páginas e os exercícios que serão estudados;

3) avaliar se o tema de estudo especificado para aquele momento está adequado com relação à disposição que o aluno está naquele momento; mas atenção para não afastar demais as tarefas mais difíceis;

4) avaliar se as tarefas especificadas são em número viável com relação ao tempo que disponível – se for selecionado muito conteúdo/exercícios, talvez tudo seja feito com pressa ou fique a sensação de que o aluno está lento demais;

5) avaliar os resultados específicos daquele momento de estudo e especificar as dúvidas (se houver).


A cada tarefa cumprida, é só colocar aquele X agradável que mostra, na realidade, que os passos estão no caminho certo! Por isso, não pode haver preguiça com relação à organização e à avaliação constante de como andam os estudos. Com tudo bem especificado na agenda, a agenda do futuro vai sendo a mais próxima da desejada...

Ed. Infantil e Ens. Fundamental

Rua Marília, 835 - Jd. Santa Rosa - Tel: 19 3544 9555

Ens. Médio e Pré-vestibular

Rua Júlio Mesquita, 905 - Centro - Tel: 19 3542 5955

arquivo.png